Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA X

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$350,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA XI

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$  350,00

 

Grazia Camerano

ÁRVORE E FUNDO AZUL IV

Pintura

Acrílica s/ Tela

120x80cm

R$3.000,00

 

Grazia Camerano

ÁRVORE E FUNDO AZUL I

Pintura

Acrílica e Colagem s/ Tela

70x120cm

R$3.000,00

 

 Grazia Camerano

 ÁRVORES, CASCAS E FOLHAS III

Pintura

Acrílica e Colagem s/ Tela

70x70 cm

R$ 2.000,00

 

Grazia Camerano

ÁRVORES, CASCAS E FOLHAS II

Pintura

Acrílico e Colagem s/ Tela

80x70cm

R$2.000,00

 

Grazia Camerano

 ÁRVORES, CASCAS E FOLHAS IV

Pintura

Acrílica e Colagem s/ Tela

70x70 cm

R$2.000,00

 

Grazia Camerano

DESVIOS I

Pintura

Acrílica e Colagem s/ Tela

30x30cm

R$600,00

Grazia Camerano

DESVIOS II

Pintura

Acrílica e Colagem s/ Tela

30x30 cm

R$600,00

Grazia Camerano

DESVIOS III

Acrílica e Colagem s/ Tela

30x40cm

 R$600,00

 

Grazia Camerano

POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES II

Pintura

Acrílica s/ Tela

50x60cm

 R$1.800,00

 

Grazia Camerano

POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES III

Pintura

Acrílica s/ Tela

50x60cm

R$1.800,00

 

Grazia Camerano

POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES VI

Pintura

Acrílica s/ Tela

50x40cm

R$1.800,00

 

Grazia Camerano

POR TODAS AS NOSSAS RELAÇÕES V

Pintura

Acrílica s/ Tela

90x140cm

R$3.300,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA I

Pintura

Técnica: Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$350,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA II

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$ 350,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA III

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

Dimensão: 21x29cm

R$350,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA IX

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$350,00

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA V

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

Dimensão: 21x29cm

 R$350,00

 

Grazia Camerano

CURA, ENTREGA, CALMA VII

Pintura

Técnica Mista s/ Papelão

21x29cm

R$350,00

Grazia Camerano

“Fico sempre algum tempo imersa em conversas e registros com a vegetação do meu entorno, observando, tocando, sentindo texturas, coletando, juntando, compondo arranjos com folhas secas, fotografando para ter o que olhar ao pintar. Essa convivência me faz observar a beleza do tempo, sua passagem como algo tão natural quanto as ramificações contorcidas na busca da sobrevivência e também do fim, nas folhas secas. Os galhos cruzados e torcidos, as folhas secas, a terra que encobre, me trazem a sensação exata de espaço e temporalidade, destinos, construção de vida. Tais pinturas e desenhos trazem na cor, no movimento, nos traços, estrutura da expressão, a tradição da natureza.

E ai, como poetizar essa ideia sem que ela desapareça? Se eu não desenhar ou pintar, essa ideia desaparece.”

A pintura e o desenho continuam sendo a parte mais importante no meu dia-a-dia e vêm conduzindo todo o meu trabalho. Tento perceber, entrar em sintonia com o material durante a realização do trabalho. Ver como ele reage.

Para mim, trabalhar com  arte, é um processo quase de meditação, interação comigo mesma, estar inteiramente presente ali, naquele momento, percebendo o que está acontecendo.

Acredito que tenho um jeito de olhar e entender o que vejo; e que cada pessoa tem também seu jeito próprio de olhar e entender o que vê. Como vivemos diferentes experiências, credito que enxergamos diferente, cada um de nós. Portanto, o olhar dos outros é muito importante para a concretização do trabalho que eu desenvolvo.

No processo dos trabalhos mais recentes, a ideia surgiu por acaso, brincando com tintas escorrendo numa tela. O resultado me pareceu interessante, mas a insatisfação com a imagem produzida me levou a complementação, que foram árvores sem folhas, nuas...e aí elas começaram  - as Árvores - em lugares e tempos diferentes, geralmente sem folhas, mas com muitos galhos em fios que se encontram e desencontram, contorcidos, buscando alguma coisa; talvez o destino, tempo infinito, as escolhas que fazemos, o que acontece...Reflexão. Muito azul tendo avermelhados em contraponto.

Trabalho sempre com música instrumental e imagens fixadas nas paredes. Tais imagens não entram  diretamente no trabalho, mas transformam esse trabalho e me norteiam.

As árvores começaram a ter folhas. Vieram folhagens, troncos apenas, água.

A questão indígena chegou através de minha família, interesse pela vida de uma avó. Me interessei por seus grafismos, li textos de Darcy Ribeiro sobre o assunto e inseri alguns em minhas naturezas.

Com os indígenas veio a terra; as cores foram mudando em suas proporções e os tons avermelhados e amarelos de terra começaram a sobressair em contraponto com os azuis.

As ideias vão se transformando conforme manuseio as tintas, os papéis com desenhos, músicas.

A produção de uma instalação relativamente grande veio com vontade de dar mais materialidade à ideia que eu tenho, mas o fazer toma, por si só o rumo do processo.

Grazia Camerano

Mini Biografia

Grazia Camerano, artista plástica e visual, Barra do Piraí, vive no Rio de Janeiro. Formou-se em Letras e Jornalismo, mas iniciou suas atividades artísticas ainda bem cedo, com os artistas do Grupo Cromoi. Frequentou cursos de pintura, desenho e cerâmica no Centro de Artes Maria Teresa Vieira e com ela, a Maria Teresa Vieira, aprendeu  muito sobre arte e olhar o mundo. Estudou também no Centro de Artes Calouste Gulbenkian e integrou o coletivo de artistas És Uma Maluca. Participou de mostras coletivas e individuais no Rio, Valença, Barra do Piraí e premiação no IX Salão da Base Aérea do Galeão com “O Veloz Avião de Papel”. É facilitadora em técnicas de pintura artística em vários ateliers.