Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

Sem título

Óleo sobre tela

70 x 50cm

 

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

Sem título

Óleo sobre tela

50 x 70cm

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

Sem título 

óleo sobre tela

130 x 60cm

 

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

 O Êxtase 

óleo sobre tela

180 x 150cm

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

O perfume

óleo sobre tela 

190 x 150cm

 

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

Sem título

óleo sobre tela

180 x 160cm

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

O Deslumbramento

óleo sobre tela

185 x 150cm 

Daruich K. HilalDaruich K. Hilal

Babel

óleo sobre tela

50 x 50cm

 

A arte de Daruich é figurativa, seu estilo pictórico toma elementos do classicismo para ironizar o sentimento obsessivo do homem contemporâneo na busca pelo corpo padronizado e perfeito. O artista, faz então, uma citação a um momento da história da arte, mas com uma visão crítica. 
A  assinatura contida no espaço bidimensional da tela é realista e entremeada de símbolos que evidenciam seus estudos de artistas como Carlo Maria Mariani, John Currin, Kehin Willey, Pierre e Gilles, Michael Borreman, Lisa Yuskavage entre outros. 
Assim, suas representações perfeitas e coloridas, adornadas com símbolos clássicos se tornam um pastiche da imagem de perfeição imposta pela midia atual. 
 
Mestre Luiz Ernesto de Moraes

 

Mini Bio

Iniciei meus estudos em arte aos onze anos de idade, no colégio de freiras na minha cidade, Nova Iguaçu, e com uma dessas freiras eu iniciei meu curso. A minha paixão por tintas e pincéis sempre foi muito forte, o que enfatizou a pintura como a minha midia preferencial, porém, jamais descartando outras possibilidades. Nesse caminhar, viajei à terra dos meus pais (Síria), onde vivi por nove anos e mantive contato com grandes artistas, contato esse que me fez aprimorar conhecimentos técnicos. Nesse percurso, meu trabalho passou por fases, até o meu ingresso no Parque Lage em 2012.

 
"Meu trabalho aborda questões estéticas (narcisismo, artificialidade, êxtase e de gênero. Eu me aproprio de fotos da internet e entro conceitualmente nelas com algumas mudanças e símbolos, ás vezes sacros, outras vezes científicos, para criar uma narrativa com alegorias sacras e científicas. Eu transformo as fotos em pintura, sobre tela, que até então é a minha mídia , não descartando outras no futuro.   A minha abordagem é provocativa, porém camuflada por símbolos que distraem o olhar do expectador tornando-a subjetiva. As questões de êxtase que estão muito presentes vieram de uma referência barroca forte que foi a escultura de Bernini ( Santa Teresa D'Ávila), isso me fez buscar outras formas de êxtase na vida do ser humano e as questões de gênero em paralelo. "
 

Daruich K. Hilal

 

VEJA A EXPOSIÇÃO COMPLETA AQUI: coletiva EIXO 2017